Meishu Sama

Um dia indagaram a Meishu-Sama: O Senhor é o Salvador do Mundo? Ao que Meishu-Sama respondeu: Para quem lê meus ensinamentos e gostam de minha filosofia, eu sou um filósofo; para quem encontra nele sabedoria, eu sou um sábio; para quem encontra nele simplicidade, eu sou um mestre; para quem encontra nada, eu sou nada; agora, para aqueles que foram salvos pelo Johrei, eu sou o Salvador deles.”
 

Meishu Sama (o Senhor da Luz, em japonês) nasceu no dia 23 de dezembro de 1882 em Tóquio, capital do Japão, num bairro chamado Hashiba.

Tanto a data quanto o local de seu nascimento estão, do ponto de vista espiritual, estritamente relacionados à missão que deveria desempenhar durante a sua vida terrena, como propagador da Luz do Oriente, através da divulgação dos Sagrados e Ensinamentos que lhe foram revelados por Deus, visando à salvação da humanidade.


Por ter nascido num dos bairros mais orientais de Tóquio, cidade também situada bem ao Leste do Japão, o país do Sol Nascente, que, por sua vez, está localizado no extremo Oriente do Globo Terrestre, já é um sinal de que seria o percussor das mudanças da Noite para o Dia. Tal transformação ocorrerá quando, após o milenar reinado das trevas, a Luz de uma Nova Era despontar no horizonte. Por outro lado, é também em 23 de dezembro que, no Hemisfério Norte, os dias começam aficar mais longos do que as noites e a Luz ganha terreno sobre as trevas. São, portanto, todos esses dados altamente significativos na vida de um menino simples que, ao nascer, recebeu o nome Mokiti Okada, e para quem estava destinada a missão de tornar-se o Senhor da fonte inesgotável de Luz da Era do Dia, semelhante ao Sol no mundo material. Revestido de tamanho poder concretizou a estrutura do Reino do Céu na Terra, estabelecendo as colunas mestras que estão sintetizadas nos seus Ensinamentos. São princípios resultantes de suas experiências sobre Agricultura da Grande Natureza, Johrei como meio de eliminar doenças e demais sofrimentos e criar felicidade; e também sobre a sua maneira de interpretar a missão da Arte, segundo a qual a expressão da verdadeira beleza contribui para elevação espiritual de quem a aprecia. Tãopreciosos conceitos é que vão despertar a consciência divina no homem, permitindo-lhe criar, em comunhão com Deus, uma nova civilização.

Até 1920, Meishu Sama foi um homem comum, dotado, contudo, de grande inteligência,profunda nobreza de atitudes, enorme senso de justiça, incomparável sensibilidade artística e grande amor à humanidade. Durante algum tempo, dedicou-se também a atividades comerciais com o objetivo de conseguir capita lnecessário para fundar um jornal visando à defesa das causas sociais. Em um diade dezembro de 1925, à meia-noite, Meishu Sama começou a receber as primeiras revelações, através das quais descobriu o grande Plano Divino para eliminar domundo todos os infortúnios, tais como, doenças, pobreza e conflitos. Ao mesmo tempo, tomou conhecimento de que ele fora o escolhido pelo Criador para construir, na Terra, o Reino do Céu. 

No início, Meishu Sama ficou em dúvida a respeito de tantas e tão extraordinárias revelações. Não aceitava que ele, um simples mortal, pudesse ter sido incumbido de tamanha missão. Pouco a pouco, porém, ocorrências misteriosas à sua volta, o fizeram aceitar a verdade dos fatos sem contestação. Assim, na década de 30, jácom 45 anos, era um grande Mestre, com o grau de Ken shin jitsu (sabedoria que transcende o tempo e o espaço) que lhe permitia não só enxergar o presente, o passado e o futuro da humanidade, mas também ter a possibilidade de já revestido de todo esse pode, trabalhar concomitantemente no mundo espiritual e Divino. 

Foi assim que, na madrugada de 15 de junho de 1931, Meishu Sama, acompanhado de um pequeno grupo de discípulos, subiu ao Monte Nokoguiri para aguardar o nascer doSol e fazer oração. Aí, ao alvorecer, recebeu a extraordinária revelação de que se aproximava a Era do Dia, marco inicial de uma nova civilização. Dias mais tarde, instalou-se em seu ventre uma "Bola de Luz", conhecida em sânscrito como Cintamani e em japonês como Nyoi-Hoshu, sendo Hoshu=Cinta, termos que em português correspondem a palavra bola; Nyoi=Mani cujo significado é "força capaz de realizar todas as vontades".

Newsletter
Cadastre seu e-mail e receba novidades exclusivas.
Nome: 
E-mail: 
Cidade: 
1279 Informe o
código ao lado:
 
 
Fone:
55 (11) 4227-4401 / 2341-2508
E-mail:
info@artedojohrei.org.br
Chat:
Fale Conosco
 
 
ASSOCIAÇÃO RELIGIOSA ARTE DO JOHREI
Rua Ibitirama - 629, Vila Prudente. São Paulo/SP.
55 (11) 4227-4401 - 2341-2508
info@artedojohrei.org.br
 
Sobre
Mais
- Arte do Johrei - Johrei
- Meishu Sama - Anima
- Divindades - Ensinamentos
- Donativos - Palestras
- Programação - Experiência de Fé
- Revista Makoto - Unidades
O SITE ARTE DO JOHREI - 2009/2014 - Todos os direitos reservados.