Palestras - Julho 2010
Julho 2010

PALESTRA :  Devemos ser os protagonistas de nossas vidas.
 
 
Boa noite a todos!!
 
No salmo de hoje, Meishu Sama nos alerta sobre manter-se alerta, pois a separação entre o bem e o mal se aproxima. Quem tem muitas máculas, está passando por  um processo purificador de eliminação de toxinas.
 
Sabemos que este processo é para alguns,  extremamente doloroso, mas devemos entender o quão misericordioso é Deus e Meishu Sama para conosco, pois temos a força do Johrei para nos auxiliar a superar esta fase.
 
Viemos ao mundo para sermos felizes, e não para sofrer. Disse isso no culto passado. Mas infelizmente tem pessoas que parecem gostam de viver neste nível de sofrimento. São escolhas e temos que respeitá-las.
 
Deus nos permite tudo, sermos felizes, sermos vitimas, depende apenas do que nós nos permitirmos ser ou não. Não existe certo ou errado, existem diferentes formas de pensar e agir. Qual o caminho mais certo a seguir? Simplesmente aquele que você escolher.
 
Não existem regras, mas sim idéias que não lhe pertencem, mas que  já estão  formadas e vagando no espaço. Cabe a você aceitar ou não. Cabe a você escolher o que lhe faz bem ou não. Você está sendo o protagonista de sua vida ou apenas um figurante? Será que você está apenas existindo ou vivendo verdadeiramente o que é?
 
Se as coisas estão se repetindo em sua vida, se nada dá certo, procure observar seus padrões de pensamentos, suas próprias palavras, suas atitudes. Meishu Sama diz em seus ensinamentos que o homem depende do seu pensamento, que devemos ter em nossa vida a Verdade, o Bem e a  Beleza. Em muitos casos, pode até haver os dois primeiros itens, mas na maioria das vezes falta a beleza. Beleza de pensamentos, de palavras e de atitudes.
 
Temos que tomar as rédeas de nossa vida, e isso começa a partir do momento em que assumimos nossas escolhas e não jogamos a culpa em ninguém.
 
Ao  usar palavras como ‘se fulano aceitar’, ‘se fulano permitir’, ‘ se fulano vai gostar’ , mostramos que estamos sendo apenas mais um figurante e não o protagonista de nossa vida.
 
Acrescento ai também a síndrome da vitima, pessoas que na maioria das vezes são manipuladoras e querem passar a imagem de vitimas, de coitadinhas, de abandonadas...Tem um trecho de uma música que diz:” Ninguém me ama, ninguém me quer”... Costumo sempre dizer que as pessoas costumam cobrar dos outros aquilo que elas não oferecem, transferindo para outros suas culpas. Se querem atenção, dêem  atenção, se querem amor, dêem  amor e assim vai...temos que dar rumo a nossa vida através de ações concretas, de escolhas corretas, por isso a importância de estarmos ligados a Deus em sua essência, para termos proteção em nossas escolhas.
 
Ser inseguro em algumas situações é normal, mas temos que confiar mais em nós mesmos, todos temos o nosso lugar e não há nada nem ninguém que possa tirar isso da gente, a não ser que tenham a nossa permissão. Conheçam-se cada vez mais, sejam fiéis a vocês. E na hora de decisões e escolhas sigam seu coração, mas não se esqueçam que a razão não faz as escolhas, apenas executa-as de forma prudente e planejada. Sempre ponderem, usando o bom senso e a lógica em suas decisões.
 
Busquem o que lhe faz bem, digam ‘não’ quando for necessário,  sem culpas, sejam sempre sinceros com vocês mesmos e criem sua vida com amor, gratidão, confiança e alegria. Assim portas se abrirão a vocês para novos caminhos e a colheita será farta.
 
No ensinamento de hoje, Meishu Sama cita Cristo como o protagonista principal na luta contra o mal.  Num trecho ele diz que o controle e o equilíbrio do mal tornaram-se necessários por um determinado tempo e  Cristo foi o protagonista principal dessa tarefa.
 
Usando este ensinamento, como está o controle e o equilíbrio do mal dentro de nossos corações? Será que somos realmente os protagonistas nesta tarefa super difícil que é controlar nosso interior? Quais meios estamos usando para vencer  o mal dentro de nós mesmos?
E quando digo meios, incluo ai as fugas, fuga através da bebida, das drogas, do sexo, etc...
 
Tem uma lenda hindu interessante que fala sobre a perda da nossa divindade interior chamada A divindade dos homens e diz assim:
 
“ Uma velha lenda hindu conta que, numa época imemorial, todos os homens da Terra eram deuses, mas os homens pecaram e abusaram tanto do Divino que Brahma, o deus de todos os deuses, decidiu que a divindade fosse retirada dos homens e escondida em algum lugar onde jamais fosse encontrada.
Um dos deuses disse: "Então vamos enterrá-la profundamente na terra".
Brahma replicou: "Não o homem pode escavar a terra até encontrá-lo".
Outro deus disse: "Então, vamos jogá-lo no oceano mais profundo".
Brahma não concordou: "Não, o homem aprenderá a mergulhar e um dia vai encontrá-la".
Um terceiro deus sugeriu: "Por que não escondê-la na montanha mais alta?"
Brahma então disse: "Não, o homem pode escalá-la. Tenho um lugar melhor. Vamos escondê-la no interior do próprio homem. Ele nunca vai pensar em procurá-la lá".
 
Cabe a cada um aprender por si e ser o protagonista de sua própria vida.  Então vamos escolher e assumir quem queremos ser,  um figurante acomodado ou um protagonista criativo?
 
Que tenham uma vida cada vez mais abençoada !!!
 
Reverendo Dorgival

Newsletter
Cadastre seu e-mail e receba novidades exclusivas.
Nome: 
E-mail: 
Cidade: 
0545 Informe o
código ao lado:
 
 
Fone:
55 (11) 4227-4401 / 2341-2508
E-mail:
info@artedojohrei.org.br
Chat:
Fale Conosco
 
 
ASSOCIAÇÃO RELIGIOSA ARTE DO JOHREI
Rua Ibitirama - 629, Vila Prudente. São Paulo/SP.
55 (11) 4227-4401 - 2341-2508
info@artedojohrei.org.br
 
Sobre
Mais
- Arte do Johrei - Johrei
- Meishu Sama - Anima
- Divindades - Ensinamentos
- Donativos - Palestras
- Programação - Experiência de Fé
- Revista Makoto - Unidades
O SITE ARTE DO JOHREI - 2009/2014 - Todos os direitos reservados.