Palestras - Março 2014
Março 2014

CULTO MENSAL EM AÇÃO DE GRAÇAS - MARÇO 2014 

PALESTRA: O que é ser um  “Servidor de Deus”?
 
 
Boa noite a todos!
 
Hoje vou recordar um material que estudamos anos atrás, chamado: O que é ser um  “Servidor de Deus”?
 
Presta-se a assistência religiosa para solucionar a purificação das pessoas que foram conduzidas. As pessoas que nos dão mais trabalho para cuidar são aquelas com quem tivemos ligações mais profundas na vida passada e, por isso, se reencontraram nesta vida como "mestre" e "discípulo".
 
Por esta razão, o respeito e a ordem devem ser rigorosamente respeitados”. E mais: “As pessoas que hoje servem a Deus foram, há muitas e muitas gerações passadas, as mesmas que criaram a Era da Noite. Ou seja, espiritualmente falando, possuem uma grande quantidade de pecados. E agora, com a Transição para o Mundo do Dia, chegou o momento dessas pessoas resgatarem seus pecados através do servir a Deus.
 
Por isso a purificação será mais rigorosa. Este processo se dará conforme a pessoa se elevar espiritualmente, através da solução de cada uma das purificações recebidas para purificar a alma. Assim, a purificação será muito rigorosa, sim, mas, a alegria ao solucioná-la também será imensa. Haverá adversidades, porém não haverá somente elas.
 
Com certeza, alegrias também haverá. Como nosso aprimoramento se dá em meio a esta alternância, não podemos sucumbir. Devemos agir com perseverança e firmeza. Quanto mais acumulamos este tipo de experiências, melhor, pois estas serão muito úteis no futuro. E mais, sempre respeite os três princípios: “não se precipitar”, “não se irrite”, “não seja presunçoso”.
 
O fato de dentre seus descendentes surgir pessoas que se dedicam à Obra de Deus é motivo de muito orgulho para os antepassados. E, como a salvação pela religião depende, principalmente, da sua grandeza e profundidade, aceite com espírito de gratidão e orgulho a permissão de se tornar um servidor, e dedique com todo empenho à Obra Divina.
 
Resumindo, tornar-se servidor de Deus não é escolher uma profissão para se sustentar. É ser escolhido e utilizado, pela afinidade da missão, como elemento responsável pelo Servir dentro da Obra Divina. Por isso, é muito importante não fugirmos das situações árduas, os fatos tristes ou das coisas desagradáveis e, sim, enfrentá-las de frente.“
 
Deus e Meishu Sama prevêem e sabem tudo que fazemos. Eles estão sempre nos observando atentamente. Por mais que, superficialmente, façamos parecer que estamos dedicando com o máximo empenho, bons resultados não aparecerão se, no íntimo, houver um sentimento negligente. Somente o verdadeiro sentimento de makoto é reconhecido e aceito por Deus e Meishu Sama. Todavia, de maneira alguma deve se tornar inflexível. Isto porque as pessoas com quem nos damos acabam tornando-se, também.”
 
Este material é para refletirmos. No dia 15 de março, estaremos comemorando 10 anos de fundação do Templo Arte do Johrei. Nós temos uma linha de atuação e precisamos que em todos os cantos do mundo, onde houver uma unidade, um núcleo, temos que mostrar e demonstrar como é este servir diferenciado.
 
Ministros e Reverendos existem para servir aos membros e não o contrário. Temos que corrigir postura e linha de dedicação, porque estamos entrando em uma nova etapa da Obra Divina e não podemos cometer erros, motivados pela vaidade, arrogância ou egoísmo.
 
Estamos em expansão em vários locais, preparando novas unidades, e temos a mesma preocupação, todos seguirem a mesma linha de servir.
 
"Ninguém acende uma lâmpada e a coloca num lugar onde ficará escondida, ou sob uma tigela. Ao invés disso, coloca-se ela de pé, assim aquele que entrar pode enxergar a luz."
Assim é a Arte do Johrei, ela nasceu para expandir e não se esconder ou ficar presa nas mãos de pessoas que querem professar a fé cega,  egoísta e centralizadora.
 
Para professarmos a fé é necessária uma base, e essa base é a inteligência perfeita daquilo que se deve crer; para crer não basta ver, é necessário, sobretudo, compreender. A fé cega não é mais deste século; ora, é precisamente o dogma da fé cega que faz hoje o maior número de incrédulos, porque ela quer se impor e exige a adição de uma das mais preciosas faculdades do homem: o raciocínio e o livre arbítrio.
 
Estudando os ensinamentos de Meishu Sama, procurando ficar mais centrado nesta nova era, pesquisei e encontrei nas palavras de Cristo, algo interessante: “Ele já nos  havia advertido, também, sobre a presença, sempre, em todos os momentos da história, dos chamados falsos cristos e falsos profetas que, utilizando-se da boa fé das pessoas, conduzem-nas para a decepção e a desventura.
 
Não apenas os que se servem da religião, conduzindo pessoas como rebanhos inconscientes para aventuras nefandas ou crimes inimagináveis. Falsos cristos e falsos profetas, também, na filosofia, na ciência, na política, na indústria, no comércio, na educação, na saúde, em toda parte. Sempre os houve. Exploradores e explorados. Por isso nos recomendou que fôssemos prudentes como as serpentes e não acreditássemos em todos os profetas, verificando antes se eles eram profetas de Deus, pela análise de suas obras. Exortou-nos que fôssemos perfeitos em tudo o que fizéssemos. Tal qual o Pai, que é perfeito em tudo em que o seu poder se manifesta.”
 
Existem muitos que vivem a dedicar na Obra Divina, mas com outras intenções, querem tirar proveito de pessoas, posição, dinheiro, etc. Nós temos que tomar cuidado com esta atitude e não permitir que na Arte do Johrei, em qualquer parte do mundo, isto também venha a acontecer, por isso, peço sempre o empenho de todos em manter uma postura correta, digna e transparente, sem interesses outros que não seja, levar o nome de Meishu Sama e os sagrados ensinamentos a todos os povos.

Mas a grande mensagem é para o comportamento dos ministros e servidores. Nenhum ministro ou servidor, de nenhuma forma, seja por motivo que for, deve obter vantagem financeira ou social da missão que Deus e Meishu Sama lhe deu para utilização em seu trabalho a favor da Humanidade.
 
Podemos  e devemos convidar as pessoas a conhecerem  esta Obra, se por afinidade, desejarem se tornar membros, tudo bem, mas não devemos impor nada a ninguém para se tornar membro, fazer aulas ou qualquer outro tipo de obrigação.
 
Vamos nos preparar e oferecer um grande presente a Meishu Sama dia 15 de março, pelos 10 anos de fundação do Templo Arte do Johrei.
 
Que Deus e Meishu Sama abençoem a todos!!!                                                                                 
                                                     
Reverendo Dorgival   

 
Newsletter
Cadastre seu e-mail e receba novidades exclusivas.
Nome: 
E-mail: 
Cidade: 
6017 Informe o
código ao lado:
 
 
Fone:
55 (11) 4227-4401 / 2341-2508
E-mail:
info@artedojohrei.org.br
Chat:
Fale Conosco
 
 
ASSOCIAÇÃO RELIGIOSA ARTE DO JOHREI
Rua Ibitirama - 629, Vila Prudente. São Paulo/SP.
55 (11) 4227-4401 - 2341-2508
info@artedojohrei.org.br
 
Sobre
Mais
- Arte do Johrei - Johrei
- Meishu Sama - Anima
- Divindades - Ensinamentos
- Donativos - Palestras
- Programação - Experiência de Fé
- Revista Makoto - Unidades
O SITE ARTE DO JOHREI - 2009/2014 - Todos os direitos reservados.