Palestras - Palestra de março 2016
Palestra de março 2016

PALESTRA: “ ESQUECENDO-ME DAS COISAS QUE ATRÁS FICAM, E AVANÇANDO PARA AS QUE ESTÃO ADIANTE! ”
 
 
Boa noite  a todos!
 
Gostaria de agradecer o servir de todos os senhores, centralizados em Meishu Sama, Nosso Pai, nosso guia, nosso mentor. Seguindo Suas orientações, alicerçadas nos ensinamentos divinos, conseguiremos honrar a missão que nos foi confiada.
 
No ensinamento de hoje, Meishu Sama diz num trecho: “ (...) Uma Fé tão inabalável quanto esta é capaz de se colocar contra ameaças, perseguições, sofrimentos ou condenações e abrir horizontes para um modo totalmente novo de vida. As pessoas que têm este tipo de fé deixam que a vontade de Deus guie todas as suas ações, e são supridas com constante e grata consciência de que Deus lhes dá tudo o que possuem, começando pela sua própria vida.” Agora somemos a isto,  o conteúdo do salmo: SERVOS DE DEUS
“ Quem se dedica à Obra divina não se preocupa com o futuro, nem lamenta o passado.
Grande coração possui o homem que se dedica a Deus servindo na grandiosa Arte da Salvação.
Mantendo o Bem abolindo o Mal, de coração alegre, sem apegos, vamos criar o Reino de Deus.”
 
O apóstolo Paulo diz em um de seus textos: ''Mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo,  pelo prêmio da vocação celestial que Deus nos chama a receber.”
 
“ ESQUECENDO-ME DAS COISAS QUE ATRÁS FICAM, E AVANÇANDO PARA AS QUE ESTÃO ADIANTE”. Estas palavras falam diretamente ao nosso coração, porque quanto tempo perdemos com coisas que para trás ficam? Quem de nós tem poder pra mudar o que passou? Então porque perdemos tanto tempo com as coisas que para trás ficam? Vamos nos arrepender dessas más obras que ficaram pra trás e vamos avançar, o passado não podemos mudar, o nosso futuro podemos, aquilo que está adiante pode ser muito diferente, basta confiarmos e nos entregarmos fielmente a Deus e Meishu Sama.
 
Até quanto nossas conversas vão continuar tratando das coisas que para trás ficam? Até quando nossos pensamentos estarão ligados nas coisas que para trás ficam? Até quando nossas atitudes serão baseadas em atitudes que para trás ficam?
Precisamos avançar para as coisas que estão ADIANTE, se erramos hoje, vamos nos colocar novamente na presença de Deus e lhe suplicar a graça e o perdão, mas não vamos ficar presos nas coisas que para trás ficam, fiquemos apenas com a lição. Aí está o segredo que o apóstolo Paulo nos ensina, esquecer das coisas que para trás ficam.
 
Quanto tempo temos perdido olhando para trás, quanto tempo temos desperdiçado agindo como agíamos há tempos atrás. Vamos imaginar que Meishu Sama agora nos fala:  Esqueçam das coisas que para trás ficam, e avancem, avancem meus filhos, haverá pedras no caminho, muitas vezes vocês  podem  sentirem-se cansados, se entristecerem, mas lembrem-se estou convosco, prossigam, não desistam!
 
Somente prosseguindo é que poderemos alcançar as mudanças que necessitamos e a perfeição que tanto queremos, para que possamos prosseguir para o alvo,  pelo prêmio da vocação celestial de Deus. Hoje temos que ser melhores do que ontem e amanhã melhores do que hoje.
Às vezes é difícil não é mesmo? Desprender-se das coisas que ficaram para trás. Pode ser por várias razões. Às vezes são coisas que gostamos muito de fazer, pessoas que amamos muito estar perto, às vezes pode ser atitudes, modos, hábitos, às vezes pode ser decepção, mágoa, dor, uma quebra de aliança... Que difícil não é mesmo?
Mas vemos aqui um modelo para nós. No salmo de Meishu Sama e no versículo  de Paulo, Eles nos mostram sua ousadia em prosseguir, em continuar.
 
Mudanças são importantes para um novo tempo, tem coisas em nossa vida que precisam ser reconstruídas. Se estamos em linha de sofrimento, hora de querer  mudar! Não adianta dar murro em ponta de faca. Recomeçar é voltar ao início e fazer tudo de novo. Precisamos romper com o passado que trava nossa vida, que não nos deixa andar, temos que romper este elo.  
 
Aqui no Templo Arte do Johrei, somos regidos pelo espírito de Meishu Sama. Somos guiados por Ele. Aqui não permitimos que a vontade humana prevaleça acima da Vontade Divina, muitos até tentam, mas sempre quebram a cara. Muitos messiânicos estão vivendo no nível infernal por acatarem invencionices do homem. Não há como negar isto. Aqui não seguimos vaidades humanas, seguimos Meishu Sama. Ninguém constrói uma história sem romper com um passado negativo.
Muitos dizem que a Arte do Johrei é de satanás, é do outro lado, é disso e daquilo, mas, uma coisa ninguém pode negar, nós estamos aqui, lutando, dedicando, servindo com alegria, mesmo com dificuldades, levando a mensagem de Meishu Sama a vários povos, e temos como resultado, muitas vidas sendo resgatadas.
Outro dia li uma mensagem que dizia:´ Poucos vão torcer para o seu sucesso. Sabe por que? Porque isso os provoca a sair das suas ilusões. Não significa que não gostam de você ou têm inveja. O problema é que tendo sucesso você estará provando para eles que é possível se levantar e vencer a terrível força da procrastinação. Isso é o que mais provoca as pessoas, o seu poder de realização. Mas a palavra provocação já diz para que veio, "provocar uma ação ou uma reação". Portanto, não hesite em continuar buscando os seus sonhos. Mesmo que as pessoas não gostem, aqueles que desejam a sua derrota tomarão seus atos como exemplo, mas em silêncio. Então, sugiro que siga em frente e pare de se preocupar com os outros. Apenas faça o que seu espírito deseja, e faça bem feito.”
 
Nós rompemos com coisas e segmentos fora dos ensinamentos e estamos reescrevendo uma história. Do passado, guardamos apenas as boas lembranças e o aprendizado. Mudanças geram oportunidades, que geram conhecimento, crescimento, amadurecimento e finalmente, novas conquistas. Vamos ter coragem de mudar. Neste processo existem muitas pessoas que lutam contra as mudanças e tem dificuldades de aceitar estas mudanças.
 
Quem é resistente a mudanças, normalmente está acomodado, porque acha que está tudo bom do jeito que está, se acomodou com a mesmice e com o sofrimento. Quem tem medo do novo, do desconhecido, não corre riscos, não tem espírito de busca. Hoje a Arte do Johrei é o novo!
 
Na Arte do Johrei, sempre deixo bem claro aos ministros e servidores, a importância de não se deixar levar pela vaidade e poder. Precisamos cuidar de nós mesmos e das pessoas. Precisamos ser pastores atentos aos "lobos cruéis".
Aqui  os sacerdotes estão a serviço dos outros, para custodiar, edificar  e defender das mentiras e ataques dos lobos. É  uma relação de proteção, de amor entre Deus e Meishu Sama com  o Ministro e entre o Ministro e os membros e frequentadores.
O Papa Francisco diz isso numa orientação:
"Ao final das contas um bispo não é bispo para si mesmo, é para o povo; e um sacerdote não é sacerdote para si mesmo, é para o povo: está a serviço do povo, para fazer crescer, para pastorear o povo, o próprio rebanho. Para defendê-lo dos lobos".
"É belo pensar isto! Quando neste caminho o bispo faz isto é uma bela relação com o povo, como o bispo Paulo fez com seu povo. E quando o sacerdote tem esta bela relação com o povo, dá-nos um amor: há amor entre eles, um verdadeiro amor, e a Igreja se torna unida". 
 "Nós temos necessidade de suas orações, porque também o bispo e o sacerdote podem ser tentados". Os bispos e os sacerdotes devem rezar muito e "pregar com valor a mensagem da salvação". "Mas também nós somos homens e somos pecadores e somos tentados".
Sobre essas tentações, o Papa disse que "Santo Agostinho, comentando o profeta Ezequiel, fala de duas: a riqueza, que pode chegar a converter-se em avareza; e a vaidade. E diz: Quando o bispo, o sacerdote, aproveita-se das ovelhas para si mesmo, o movimento muda: não é o sacerdote, o bispo para o povo, mas o sacerdote e o bispo que tira do povo. Santo Agostinho diz: Toma a carne para comer-se à ovelha, aproveita-se; faz negócios e está apegado ao dinheiro; torna-se avaro".
Disse ainda o Papa, "quando um sacerdote, um bispo vai atrás do dinheiro, o povo não o ama, e isto é um sinal. Mas ele mesmo termina mal". São Paulo recorda que trabalhou com suas mãos, "não tinha uma conta no banco, trabalhava. E quando um bispo, um sacerdote vai pelo caminho da vaidade, entra no afã de fazer carreira – e faz tanto mal à Igreja – ao final faz o ridículo, vangloria-se, gosta de fazer-se ver todo-poderoso… E o povo não ama isto!".
Nos Atos dos Apóstolos, Paulo diz: "Cuidai de vós mesmos e de todo o rebanho, sobre o qual o Espírito Santo vos colocou como guardas, para pastorear a Igreja de Deus, que ele adquiriu com o sangue do seu próprio Filho. Eu sei, depois que eu for embora, aparecerão entre vós lobos ferozes, que não pouparão o rebanho. Além disso, do vosso próprio meio aparecerão homens com doutrinas perversas que arrastarão discípulos atrás de si".
 
As pessoas que conquistaram grandes coisas na vida, correram riscos. Quem não quer correr riscos, é apenas mais um na multidão. Quem não quer mudar para participar de um novo tempo, tenha certeza que sua vida será atrofiada, medíocre, viverá sempre na mesmice, lamuriando, procurando culpados por sua infelicidade.
 
Tem uma estória que ilustra bem a linha de pessoas passivas, sem iniciativa, acomodadas. É a estória do galo branco.
 
“ Um viciado em apostas ia passando por uma determinada rua e viu dois galos nos preparativos para uma luta. Isso numa rinha.
Perto da rinha tinha um garoto olhando os preparativos, aí então o apostador perguntou:
Garoto, qual dos dois é o melhor?
O menino respondeu: "O branco, esse é o melhor".
O apostador jogou tudo que tinha no galo branco. quando a luta começou o galo preto deu demonstração de mais forças e em poucos segundos deixou o galo branco caído, ensanguentado, quase morto.
O apostador, decepcionado, pegou o menino pelo braço e disse: "Você afirmou que o galo branco era o melhor. Olha aí o que aconteceu"
E o menino imediatamente respondeu: " Você perguntou qual  era o melhor. E então, é o branco. O ruim é o preto que bate em todos eles.” Na hora das grandes batalhas, temos que ser decisivos e focados num propósito, não adianta sermos bons, mas passivos  e omissos na fé perante adversidades.
 
Quem não quer mudar, nunca anda para frente. Quantas pessoas que hoje estão acomodadas poderiam estar muito mais longe em sua caminhada, mas como ficaram estagnadas, outras pessoas que estão chegando agora,  vão passá-las, porque querem mudar e viver um novo tempo em suas vidas.
 
Quando chegamos aqui na Arte do Johrei, muitos de nós estávamos em fase de demolição, estávamos caídos. Após sermos acolhidos, começamos a ganhar corpo e sermos reconstruídos, para, em seguida recebermos o ohikari. Com isto, renascemos mais fortes com a essência divina. Com este nascer de novo, vamos  através do servir sincero, nos aproximar da divindade de Meishu Sama, sendo como Ele, unos com Deus Supremo.
 
Nas mudanças, renovamos nossos sonhos, novos desafios nos dão ânimo para seguir sempre em frente. Não haverá novo tempo em nossas vidas, sem mudanças.
Não haverá mudanças sem atitudes, mudanças só da boca para fora é apenas teoria, para mudarmos de fato, temos que agir.
Temos que entender que mudanças profundas e importantes em nossas vidas, não as fazemos sozinho   s. Uma igreja grande é o resultado do sonho de muitos, ter uma sede própria, é a soma dos sonhos, desejos e empenho de todos.
 
Quem é orgulhoso é solitário. Acha que só ele resolve, ele se acha o dono da razão. O humilde é aquele que sabe que o que ele é e o que tem hoje, recebeu de outros. Estamos aqui hoje, no Templo Arte do Johrei, graças aos pioneiros da doutrina messiânica. Graças a eles existimos. Poderia citar vários que durante meus 32 anos de membro, me ensinaram o que é ser messiânico, me ensinaram a dedicar, me ensinaram a servir focado em Meishu Sama.
 
Uma coisa muito importante é que se queremos mudanças radicais e profundas em nossas vidas, temos que reconhecer que sem Deus e Meishu Sama não conseguiremos. Sem ajuda divina, não conseguiremos mudar plenamente. Temos que ser sinceros e em frente ao altar,  pedir força,dizer que queremos mudar, mudar para sermos melhores.
 
Assim nasceu o Templo Arte do Johrei, que dia 14 de março agora, completa 12 anos de existência. Gostaria que da mesma forma que tivemos coragem de mudar, sair da mesmice, outros também ganhem esta permissão.
Realizaremos dia 14 as 19h30 uma oração especial por esta data tão importante e gostaria também que em todas as unidades e núcleos também fizessem oração de agradecimento a Meishu Sama.
 
Se alguém aqui estiver disposto e quiser mudar, se prepare, porque vem uma nova etapa em sua vida. Não podemos ter uma grande igreja, que mudou, que cresceu, que prosperou, se os membros continuarem sofrendo, andando para trás. Uma grande igreja precisa de grandes servidores. Servidores prósperos, que sempre se renovam no espírito divino de Meishu Sama.
 
Encaminhar pessoas, ministrar johrei, oferecer seu donativo, servir onde for necessário, ou seja, ser O messiânico em essência, não apenas na forma, no rótulo. Precisamos fazer a diferença na vida das pessoas. Temos que ser ousados, não vir apenas para somar, temos que fazer a diferença, mostrar a que viemos, sem desrespeitar a lei da ordem, mas se fazendo presente.
 
Pessoas assim, tem sua vida sempre iluminada, melhoram cada vez mais, avançam porque obstáculos vão caindo por onde passam, tudo regido pela vontade de Deus. Quando tomamos decisões fortes em nossa vida, inicialmente sofremos o impacto da mudança, mas em seguida, Deus vai abrindo portas, mostrando caminhos, nesta hora, devemos seguir em frente, pois é o momento de vencer e tomar posse de nossos tesouros.
Sinto que está chegando um novo tempo de Deus para nossas vidas, prenúncio de coisas grandes. Se Vocês crêem, recebam e tomem posse destas bênçãos!!!!
 
Quem tem a promessa de Deus, não morre em vão, não desiste!

Boa Missão a todos e que  Deus e Meishu Sama nos abençoem e nos protejam. Que Eles voltem para nós as suas faces e nos concedam a paz, saúde e prosperidade!!!
 
 
                                                Reverendo Dorgival     Hokan
Newsletter
Cadastre seu e-mail e receba novidades exclusivas.
Nome: 
E-mail: 
Cidade: 
3550 Informe o
código ao lado:
 
 
Fone:
55 (11) 4227-4401 / 2341-2508
E-mail:
info@artedojohrei.org.br
Chat:
Fale Conosco
 
 
ASSOCIAÇÃO RELIGIOSA ARTE DO JOHREI
Rua Ibitirama - 629, Vila Prudente. São Paulo/SP.
55 (11) 4227-4401 - 2341-2508
info@artedojohrei.org.br
 
Sobre
Mais
- Arte do Johrei - Johrei
- Meishu Sama - Anima
- Divindades - Ensinamentos
- Donativos - Palestras
- Programação - Experiência de Fé
- Revista Makoto - Unidades
O SITE ARTE DO JOHREI - 2009/2014 - Todos os direitos reservados.